terça-feira, 23 de maio de 2017

símbolo mágico contra energias negativas

Para anular energias negativas enviadas contra você ou adquiridas . Desenhe este símbolo em papel ou cartolina preta com tinta prateada. Use como suporte de fotografia ( tipo atrás de sua foto em um porta retrato ou carregue junto ao corpo .Tatuagem em qualquer cor (tenho uma bem minúscula!!) . Se desejar usar para proteger sua casa, escritório, comércio...etc.. , utilize em uma parede , ocultando com um quadro .
Poderá ter seus efeitos potencializados , quando unido com outros talismãs . 


segunda-feira, 15 de maio de 2017

Hieróglifos

Hieróglifos também conhecidos como a "sagrado escrita". Apenas os sacerdotes, membros da realeza, altos cargos, e escribas conheciam a arte de ler e escrever esses sinais "sagrados".
A escrita hieroglífica constitui provavelmente o mais antigo sistema organizado de escrita no mundo, e era vocacionada principalmente para inscrições formais nas paredes de templos e túmulos.
Em razão de seu valor religiosos e sagrado ,os ideogramas complexos do Egito antigo são tratados como um pentáculos na magia Kemética.
Os hieróglifos que representam animais protetores como:chacal,gato,serpente,garça,boi,crocodilo,leão,lince,abelha,ganso,gafanhoto...é utilizado gravados inteirou ou quebrados usados na escrita de selos e feitiços .
As fórmulas mágicas dos egípcios,proibições,injunções eram codificadas pelos sacerdotes antigos as Kheriheb,eram escritas em papiros ou estelas de pedra ou vidro.São geralmente palavras usuais dissimulando os nomes dos deuses,que não deviam ser pronunciados.
Por exemplo:o deus Tifon,ou Seth,gênio do mal,era simbolizado pela cor ruiva e um asno:o nome deste animal significa avermelhado,calor e servia para formar as palavras violência,injúria,rapina,característica associadas a Seth.
Entre os nomes recorrentes utilizados pela ciência talismânica egípcia são:Aton,Erpit,Rá,Tat, Serket,Apepi,Tauret sua sonoridade repetida em transe e escrita em formas diferentes resultavam em fórmula magicas semelhante aos fetiches .


quarta-feira, 10 de maio de 2017

Paganismo

Paganismo )O(
Paganismo (do latim "paganus", que significa "camponês", "rústico" ), cujo significado é o de uma pessoa que viveu numa aldeia, num dado país, um rústico. Aquele que mora no "pagus", no campo, na Natureza.
É também um termo geral, normalmente usado para se referir a tradições religiosas politeístas. Originalmente, esse termo era empregado para diferenciar os seguidores das religiões da Terra, dos muitos deuses e deusas da Natureza.
Consiste na crença em mais do que uma divindade, no reconhecimento da existência de múltiplos deuses e deusas, com uma personalidade e vontade próprias, que possuem fases como (juventude, maternidade e velhice) bem como governando sobre diversas atividades, áreas, objetos, instituições, elementos naturais e mesmo relações humanas.
Poucas pessoas hoje em dia ainda mantêm um contato direto com as tradições originais do Paganismo, é quase impossível reviver esta cultura em sua base fidedigna, daí a necessidade de se diferenciar o Paganismo original - surgido na Antiguidade - do novo paganismo ( Neopaganismo) , representado por diversas correntes recentes.
O neopaganismo inclui religiões reconstruídas como o reconstrucionismo do Politeísmo Helênico, Celta ou Germânico, que trás uma releitura sobre a perspectiva dos seus seguidores, bem como modernas tradições ecléticas como a Wicca e suas muitas correntes e vertentes.
Muitas dessas "reconstruções", como o Wicca e neo-druidismo em particular, têm suas raízes no romantismo e na folclorização da cultura, com apropriações das praticas do paganismo original. e retem em si os elementos visíveis do ocultismo ou teosofia , então, que os distingue religião e folclore histórico rural (paganus) ou Novos Pagãos. ( Novo paganismo)
Em torno do século IV, o termo paganus começou a ser utilizado entre os cristãos no Império Romano, para se referir a uma pessoa que não era um cristão e que ainda acreditava nos antigos deuses.

domingo, 7 de maio de 2017

Aula de Dança do Ventre Vitória ES

Aulas de DANÇA DO VENTRE as quintas feiras, das 18:30 as 20:00
Local: Casa da Stael, Rua 7, 263, Centro, Vitória. 
Professora Cinthya Hayka
Venha despertar a Deusa que existe em você.
Informações
Stael Magesck 997873269
Cinthya Hayka 999289996

Fanpage: DANÇA DO VENTRE E CIGANA CINTHYA HAYKA

sábado, 6 de maio de 2017

Ciganos na Umbanda

Pertencem à uma linha de trabalhadores espirituais que busca seu espaço próprio pela força que demonstram em termos de caridade e serviços a humanidade. Seus préstimos são valiosas contribuições no campo do bem-estar pessoal e social, saúde, equilíbrio físico, mental e espiritual, e tem seu alicerce em entidades conhecidas popularmente com "encantadas".
São entidades que há pouco tempo ganharam força dentro dos rituais da Umbanda. Erroneamente no começo eram confundidos com entidades espirituais que vinham na linha dos Exus, tal confusão se dava por algumas ciganas se apresentarem como Cigana das Almas, Cigana do Cruzeiro ou nomes semelhantes a esses utilizados por Exus e Pombas-Gira. Hoje, o culto está mais difundido, se sabe e se conhece mais coisas sobre essas entidades, chegando algumas casas a terem um ou mais dias específicos para o culto aos espíritos ciganos.
Não tem na Umbanda o seu alicerce espiritual, como dissemos; Amor incondicional à proteção da natureza.
Encontraram na Umbanda um lugar quase ideal para suas práticas por uma necessidade lógica de trabalho e caridade.
Na Umbanda passaram a se identificar com os toques dos atabaques, com os pontos cantados em sua homenagem e com algumas das oferendas que são entregues às outras entidades cultuadas pela Umbanda. Encontraram lá, na Umbanda, uma maneira mais rápida de se adaptarem a cultos e é por isso que hoje é onde mais se identificam e se apresentam.
São entidades oriundas de um povo muito rico de histórias e lendas, foram na maioria andarilhos que viveram nos séculos XIII, XIV, XV e XVI. Tem na sua origem o trabalho com a natureza, a subsistência através do que plantavam e o desapego as coisas materiais.
Dentro da Umbanda seus fundamentos são simples, não possuindo assentamentos ou ferramentas para centralização da força espiritual. São cultuados em geral com imagens bem simples, com taças com vinho ou com água, doces finos e frutas solares. Trabalham também com as energias do Oriente, com cristais, incensos, pedras energéticas, com as cores, com os quatro sagrados elementos da natureza e se utilizam exclusivamente de magia branca natural, como banhos e chás elaborados exclusivamente com ervas.
Por isso tudo fica evidenciado que são entidades que trabalham exclusivamente para o bem.

Santa Sara Kali é sua orientadora para o bom andamento das missões espirituais. Não devemos confundir tal fato com Sincretismos, pois Santa Sarah é tida como orientadora espiritual e não como patrona ou imagem de algum sincretismo.
Ciganos na Umbanda são espíritos desencarnados homens e mulheres que pertenceram ao povo cigano.
Os ciganos em geral, tem seus rituais específicos e cultuam muito a natureza, os astros e ancestrais. A santa protetora do povo cigano é "Santa Sara Cali". Dentro da Umbanda, trabalham para o progresso financeiro e para as causas amorosas. Cheios de simpatias espirituais, os espíritos ciganos trabalham para a cura de doenças espirituais.
Os ciganos, dentro da ritualística umbandista, falam a língua "portunhol", alguns, poucos, falam o romanês, língua original dos ciganos. As incorporações acontecem geralmente em linha própria, mas nada impede que eles possam a vir trabalhar na linha de Exú.
São muito altivos, assertivos no que falam, seguros de si, do que enxergam e acreditam. É um povo de muita fé e credibilidade. De muito domínio e poder. São donos de uma sensualidade natural e nunca barata, envolventes pelo alto nível de carisma e amor ao próximo.
Estão sempre prontos a auxiliar aqueles que o invocam e necessitam de sua ajuda. São exímios apreciadores de licores, vinhos, ouro, prata, tecidos, amantes da arte, donos de uma sensibilidade ímpar.
Muitos são clarividentes natos e muito zelosos com aqueles que estimam.




terça-feira, 2 de maio de 2017

maneira simplificada de montar um altar cigano

Muitas vezes não temos condições ou mesmo espaço para montar um altar cigano
Isso não pode ser um impedimento para termos o nosso altar que pode ser feito de forma simples e singela

- Coloque imagens ( estatueta) de uma ou mais entidade cigana de us preferência. Essas imagens podem ser em forma de gravura, pintura... Se pesquisar no google verá imagens lindas ou enfeite uma bonequinha com roupas e enfeites ciganos

- Se desejar coloque também imagens de Santa Sara Kali.

- Pegue um potinho e coloque cristais, pedras ( limpas e energizadas), moedas, bijouterias douradas, pedrarias coloridas e  se tiver algo de ouro também

- Coloque algumas cartas ciganas de sua preferência. Se não tiver um baralho, imprima essas figuras de cartas também

- Coloque um leque aberto

- Compre um pandeirinho de plástico daqueles de lojas de 1,99 e enfeite com fitas coloridas. Faça isso com muito capricho ou se preferir, faça um enfeite com fitas, tipo laços. Use  a sua imaginação


- Coloque uma taça de água , lembrando-se de trocar essa água, despejando o líquido em água corrente ( basta abrir uma torneira na pia e despejara  água)

 - Sempre que puder, coloque uma fruta, como uma maçã , uvas.. só não coloque frutas ácidas como abacaxi e laranja

-  Um incensário também é muito bem vindo

- Um recipiente para colocar velas quando você quiser ou precisar

Enfim , use a sua imaginação , siga a sua intuição
Muitas vezes pensamos que temos que fazer um altar muito rico mas nem sempre podemos fazer isso. O que importa é a intenção, o carinho com que você monta o seu altar. Com certeza os Ciganos vão gostar muito e voçê estará em sintonia para pedir, agradecer e ter a proteção dos Ciganos do astral

OPTCHA!!!!!



como montar um altar cigano

ALTAR CIGANO
Desde o momento em que existe a intenção de se oferecer um altar a um Cigano, ali se cria um elo espiritual. Onde quer que esteja o Cigano que é cultuado ali ele sempre ouvirá o chamado feito diante do altar.
O mais importante em um altar para os Ciganos são os 4 elementos. Para representá-los, usamos um Castiçal com uma (ou mais) velas, representando o Fogo, mesmo que a vela esteja apagada.
As cores podem ser qualquer uma, exceto preto e marrom. Essas cores só são usadas em certos tipos de rituais.
Não podemos esquecer que temos que ter a imagem de Santa Sara Kali e de Nossa Senhora Aparecida, assim como a imagem de nossos Ciganos. Se não tiver condições de comprar, coloque gravuras, fotos, algo que represente 
Deve-se ter uma taça bonita com Água, pois a água é simbolismo do sentimento, por isso deve ser sempre a mais pura e limpa possível (água mineral sem gás).
A água na taça atua como um catalisador de más energias, e quando estiver turva, deve ser jogada em água corrente e trocada, sempre por água filtrada ou mineral.
Um incensário, onde um incenso deve ser aceso pelo menos uma vez por semana – representa o Ar, mesmo sem incenso.
Tipos de Incensos utilizados são os Florais para as Ciganas (Rosa, Violeta, Lírio, Dama da Noite, Jasmim, etc.) e os Herbais para os Ciganos (Sândalo, Canela, Cravo, Eucalipto, Mirra, Alecrim, Benjoim, etc.).
Cristais, de vários tipos, cores, formas e tamanhos. Caso não seja possível ter muitos, coloque alguns escolhidos por intuição. O ideal é ter pelo menos uma pedra em estado bruto/ponta. As pedras podem ficar também num pote de vidro transparente sem tampa e com água, pois a mesma potencializa a capacidade energética dos Cristais. Os cristais fecham o ciclo, representando a Terra.
Corpo: Terra, Coração: Emoção – Água: Mente e Ar e Espírito: Fogo.
Além desses elementos, que são básicos, qualquer outra coisa que seja sentida por intuição, pode ser colocada: Baralho, Leque, Adornos, Lenços, Baú, etc.
A única exceção é o Punhal, este só deve ser colocado se for um punhal já trabalhado, ou seja, que tenha passado pela magia de um Cigano, que pode ser o seu, ou o de outra pessoa (alguém que fez o trabalho no punhal para você, nesse caso, é recomendado muitíssimo cuidado antes de aceitar).
Para o fortalecimento dos Ciganos, é muito bom colocar uma Fruta no altar, pelo menos 1 vez por semana, na 2ª noite da lua cheia ou crescente. Só não coloque frutas ácidas, tipo abacaxi ou laranja… Ciganos não gostam de sabores ácidos, pelo menos a maioria não, e se você não tiver a certeza, melhor não arriscar!
As frutas devem ficar até um pouco antes de apodrecer, e devem ser descartadas em um jardim bonito.
Pode ser oferecida também uma taça com vinho, além da que tem água, pois o vinho é a bebida Universal dos Ciganos. Após uma semana, ou quando a lua virar, despeje o vinho em água corrente.
Flores também são bem vindas no altar, sendo que se for um altar para Cigano, as flores devem ser Cravo Branco ou Vermelho, Girassol, Lírio Branco ou Rosa Branca (rosas em números ímpares). Essa regra vale apenas para caso de não se conhecer as preferências de cada Cigano.
As flores murchas ou secas devem ser colocadas em um jardim, onde não haja espinhos.
Não limpe seu altar na fase da lua minguante, pois isto atrapalharia suas boas vibrações como saúde e prosperidade.
(Fonte: Cigana Lumiar D´eor)