sexta-feira, 22 de maio de 2015

simbologia dos anéis

A SIMBOLOGIA E A MAGIA DOS ANÉIS
Quando você vê anéis de prata a venda nas lojas e joalherias ou, até mesmo, com aquela revendedora amiga que te visita sempre ou trabalha com você; não imagina o simbolismo e as propriedades mágicas que estão por trás dessas jóias sempre cobiçadas.
Por exemplo: Na China, até hoje os anéis de prata são um símbolo místico importante. A Forma circular é simboliza a indefinição e o espaço interno (o furo) é o lugar por onde as energias celestes passam.
A prata sempre foi associada ao místico e ao sobrenatural. Vinculada a lua; é considerada um metal com poderes de provocar premonições. E os anéis de prata, eram usados por magos e bruxos para lhe conferirem poderes místicos. Por suas propriedades anti-sépticas, a prata sempre foi ligada à purificação. E os anéis de prata, também eram muito procurados para protegerem seus usuários dos “maus espíritos” e das doenças. Muitos achavam que o uso de anéis de prata os protegia também das criaturas sinistras e dos monstros que vagavam pela noite a luz da lua. Ainda hoje, nos chegam estórias de “seres sombrios”: como vampiros e lobisomens, que temem a prata e qualquer objeto feito dela. Na Idade Média, acreditava-se que se você pedisse algo para a lua através de um anel de prata, seu pedido seria atendido mais rapidamente.
Mágicos ou não, o fato é que os anéis de prata sempre foram um acessório desejado por homens e mulheres em muitas culturas. Com uma estreita relação com seres místicos, duendes, fadas, anões, elfos e outros elementais (seres ligados à natureza e as suas manifestações). Alguns anéis de prata místicos são amplamente difundidos nos meios esotéricos de hoje. São eles:
O “Anel Atlante” – Segundo os círculos esotéricos esses anéis protegem e neutralizam determinados perigos e más influências. Também restauram funções orgânicas e combatem dores e o esgotamento físico e mental. Melhora o esqueleto e a função cerebral como um todo. Aqueles que usam esses anéis de prata, também ficam dotados de uma extraordinária intuição e sensibilidade. Passando a sintonizar-se com as vibrações astrais; normalmente ignoradas pelas pessoas “normais”. O mais espetacular e estranho desses anéis, é que segundo a lenda, seu poder não vem da prata ou de qualquer emanação magnética, mental ou religiosa. O poder advindo desses anéis é oriundo apenas de reações incríveis que tem origem nas micro-vibrações da peça.

O “Anel Místico do Amor” “Matasmitava – Tavesi Mamati”– Esses anéis de prata são considerados como peças fundamentais se você deseja vencer num relacionamento amoroso. A mitologia desses anéis, diz que você “antes de possuir, deve dar”; e assim, o costume manda que você presenteie seu amado com um desses anéis de prata. Pois, na vida, sempre que queremos algo é necessário que plantemos a semente. E presentear alguém com um desses anéis, faz com que as energias do universo se unam para que seu amor torne-se realidade.

O “Anel Tibetano” – Esses anéis de prata possuem gravados o mantra “Om Mani Padme Hum”; que significa: “Eu sou o que sou, Eu estou em ti e tu estas em mim”. Esse mantra poderosíssimo evoca a transmutação do físico em divino. Segundo os sábios e praticantes, as pessoas que possuem um desses anéis de prata, conseguem vivenciar uma experiência de contato com as divindades muito vívidas. Fazendo assim, com que suas próprias almas evoluam para estágios mais superiores em 
menos tempo.

Seja você um “crente” nos poderes místicos dos anéis de prata ou não, a verdade é que esses anéis sempre foram uma ótima opção de presente e um acessório sempre desejado.
(Fonte; internet. Shoping PG.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário